Oposição está doida que o Centro Obstétrico não saia do papel

Já vi a postagem no perfil do vereador Gilvan Alves, da empresária no ramo da comunicação e marketing Conceição Oliveira, e de outros tantos que vestem a camisa da oposição ao prefeito Alan Silveira em Apodi. A torcida é grande para acabar o prazo do termo de acordo entre a Prefeitura e o Governo do Estado para que seja instalado o Centro Obstetrício no Hospital Regional Hélio Marinho.

Alan, que gosta de tudo feito antes do prazo e com qualidade, fez tudo que pediram para deixar o equipamento em ordem e funcionar dentro da legislação. A oposição esperneia, faz reunião, articula, implora que o Governo Robinson empate o avanço. Ele tem feito isso para Apodi nos últimos 4 anos, e continua, mesmo liderando uma forçada tentativa de decolar nas pesquisas, andando pra trás e dando show de “tô nem aí” para uma cidade que o valorizou muito mais do que merecia.

A saga continua, o tempo está passando, as gestantes só observam, olhando tudo isso acontecer. A Maternidade Claudina Pinto é carta fora do baralho. Sua história foi enterrada muito antes por um forasteiro que já quebrou um monte de coisas. A oposição depositou naquele aparelho um projeto de poder político. Associou vários membros, virou maioria e até deu um tiro de misericórdia levando médicos amigos vestidos por uma “vontade imensa de ajudar o povo” para dentro da instituição.

Enquanto você lia esse texto, eles lá comemoraram mais 10 minutos que aproximam a FALTA DE BOM SENSO a um desejo de ver a desgraça acontecer. No final, o bem sempre vence e assim ficaremos todos na torcida para o COMAD abrir as portas para a vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criminosos arrombam UBS em Apodi, quebram aparelho e fogem levando equipamentos e documentos

"Se for candidata, terá meu apoio", afirma Hortência sobre Gorete Silveira